sábado, 25 de fevereiro de 2012

Sempre à frente

69º dia de Pós

Com algumas limitações a menos, já posso até esquecer de todo o sufoco que passei.
Desde a última postagem, tive avanços surpreendentes! 

Hoje eu sinto minha língua por completo, pensei que fosse muito mais difícil reabilita-la comparada às bochechas por exemplo, mas eu canto e falo muito, muito mesmo o tempo todo, por isto,  fui feliz neste quesito\o/
Minhas bochechas estão bem mais definidas, mas ainda as sinto um tantinho edemaciada, completamente normal dentro de um tempo inferior à 90 dias, minimamente falando.
Meu lábio inferior em um trecho do lado esquerdo tem se manifestado à melhorias, graças à Deus; tenho sensações acentuadas do tipo coceiras, formigamentos, choques e sensação de região molhada, como vocês já sabem. E tudo isto corrobora pra meu entusiasmo.
Tratarei esta resistência com remédios (Etna) prescrito por meu cirurgião.
Mediante a volta de minha sensibilidade, sofro com alguns desconfortos mas nada desesperador; você poderá por exemplo, sentir dores ao escovar os dentes e por mais macias que sejam as cerdas da escova, a mesma em contato com o palato também incomoda um pouquinho. Eu já  falei sobre tais desconfortos em post's anteriores e hoje está bem melhor. Enfim galera, a tendência é melhorar!

Quanto a mentoplastia, tudo indica que a farei neste ano ainda. De alguma forma anseio tanto esta segunda ortog... não compreendo ainda mas penso que ela me trará muita felicidade.
Cogita-se que em 67 dias de pós os ossos se calcificam e consolidam, e as placas e parafusos perdem sua função podendo ser removidos; em 90 dias de Pós farei uma radiografia, mas não vou remove-los.

Tenho recebido e-mails e outros contatos de classe III e II do Brasil e fora também; fico feliz em saber que a iniciativa de criar este blog funcionou com louvor. Outra prova disto deu-se esta semana, quando acompanhei Kamila (já citada em outro post) ao consultório de dr.Caubi e saímos de lá com perspectivas o que outrora ela não tinha; e eu por conseguinte não hesito em apoia-la... me emocionei quando no discorrer de nossa conversa com Caubi ela exclamou: "eu estou no meu limite" vi muito de mim naquele instante e pude dize-la que a mudança é possível.

Tenho muita sorte (:

Fotos desta semana




by.

Nenhum comentário: